No GRU Airport, laboratório de testes de covid-19 é ampliado

13/01/2021

O laboratório funciona 24 horas nos sete dias da semana e disponibiliza os resultados em até 4 horas (Foto: Divulgação)

O laboratório para detecção de covid-19 instalado pela CR Diagnósticos no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, ganhou um novo espaço, maior do que o anterior, nesta semana. Com a ampliação, o laboratório aumenta sua capacidade de realização de cinco mil testes por dia (150 mil mensais), bem acima dos cerca de 480 testes diários que o espaço anterior oferecia (depois da restrição imposta pelo próprio laboratório). Segundo a CR Diagnósticos, o novo laboratório é o maior do mundo no gênero dentro de um aeroporto. A empresa garante resultados em no máximo quatro horas, com resultados em português e inglês.


Localizado no Terminal 3, onde está concentrada a grande maioria das operações internacionais em GRU, o laboratório dispõe de 14 guichês de atendimentos, espalhados em um espaço de 265 metros quadrados, com funcionamento ininterrupto (24 horas nos sete dias da semana). Para realizar o exame, é preciso apresentar no local um documento de identificação com foto (RH, CHN ou passaporte). O valor para a realização do teste PT-PCR é de R$ 350.


Atualmente, mais de 50 países exigem a apresentação do exame RT-PCR negativo para desembarque em seus territórios. Recentemente, os Estados Unidos anunciaram a necessidade de apresentação do documento na chegada. Segundo a diretora executiva do Grupo CR Diagnósticos, dra. Carolina Barbosa, a ampliação do espaço é mais um passo para proporcionar mais segurança para quem viaja partindo do principal aeroporto do País.


"Nós desenvolvemos um processo seguro e validado que permite obter o laudo em tempo recorde de 4h. Isso permite que principalmente os passageiros assintomáticos consigam ser diagnosticados rapidamente, evitando o contágio de outras pessoas. O espaço foi construído em apenas 14 dias e aprovado por todos os órgãos competentes. O maior número de diagnósticos é uma importante contribuição para a saúde pública", explica Carolina.


O PT-PCR é homologado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e trata-se de um teste molecular que detecta o vírus por meio de uma análise da amostra de secreção nasal e orofaringe, coletadas por meio de um swab. O laboratório possui parcerias com empresas aéreas como Latam, Gol, Air Europa, Air France, Copa Airlines, Ethiopian, KLM, Lufthansa, Tap, Qatar Airways e Swiss.


Fonte: Panrotas

0 comentário