Marcelo Álvaro Antônio é demitido do ministério do Turismo

09/12/2020


Marcelo Álvaro Antônio
Marcelo Álvaro Antônio (Foto: Divulgação)

Marcelo Álvaro Antônio foi demitido hoje do cargo de ministro do Turismo pelo presidente Jair Bolsonaro. O mineiro, que já teve o cargo colocado em xeque em outras ocasiões, principalmente quando foi indiciado pela Polícia Federal por um suposto esquema de candidaturas de laranjas do PSL em seu Estado, teria discutido com outros ministros nesta semana, em especial com o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Segundo a coluna Radar, de Veja, ele acusou Ramos de estar negociando a pasta com o centrão. Já era esperado que Álvaro Antônio deixasse a pasta em reforma ministerial que aconteceria no início do ano que vem, mas a decisão teria sido antecipada após a discussão entre o então ministro e Luiz Eduardo Ramos. Presidente da Abav Nacional, Magda Nassar comentou a atuação do ministro, com quem se reuniu várias vezes para defender os interesses do trade. "Prestamos nossas homenagens ao excelente trabalho conduzido pelo ministro Marcelo Álvaro Antônio, pelo apoio e interlocução em pleitos importantes para o setor durante a sua gestão, em especial na condução de ações e medidas do plano emergencial em curso para o enfrentamento da crise motivada pela pandemia", afirmou Magda. O presidente da Embratur, Gilson Machado, é cotado para assumir o posto. Álvaro Antônio foi o 12º ministro demitido em pouco menos de 24 meses de governo. *Atualizada às 17h25 com o posicionamento da presidente da Abav Nacional, Magda Nassar.


Fonte: Panrotas

0 comentário