Gol deve ampliar oferta para 500 voos diários até o fim do mês

09/10/2020


A Gol Linhas Aéreas abriu outubro operando 400 voos por dia e pretende terminar o mês com 500 voos diários, colocando assim a companhia com 60% da oferta que existia em outubro do ano passado.

Gol
Foto: Divulgação

Os números e o planejamento foram divulgados na atualização mensal da empresa aos seus investidores divulgada hoje (9). Nesse comunicado, a empresa diz ainda que pretende operar 93 dos seus 129 aviões ao longo deste mês. Isso deve ser possível a partir da reabertura de mais três bases operacionais no período. Em setembro 71 aeronaves foram usadas, com oferta média de 270 voos/dia, o que significa crescimento de 42% em relação à média de 190 voos diários em agosto. No mesmo período, em dias de pico, a Gol operou 360 voos/dia. As vendas brutas consolidadas da companhia nesse mês excederam R$ 800 milhões e a taxa de ocupação média foi de 80%. “Novamente, em setembro, a Gol observou crescimento saudável da demanda por viagens entre os brasileiros", afirma o presidente da aérea, Paulo Kakinoff. "Essa tendência deve persistir daqui para frente, uma vez que as buscas e vendas de passagens continuam crescendo. Portanto, confiamos que esses ventos favoráveis nos levem a um novo aumento em nossa capacidade ao longo dos próximos meses”, completa. Kakinoff destaca também o modelo operacional da companhia, que é considerado flexível e segue se mostrando ideal para acompanhar o retorno da demanda por viagens. “Estamos conservadores e cautelosos na adaptação da nossa capacidade e na expansão de nossa malha aérea, e permanecemos altamente focados em equilibrar a capacidade e os custos da Gol. Sem vencimentos significativos de dívida até 2024, podemos usar nossa disciplina de capacidade para aumentar a lucratividade, à medida que as operações retomam. Acreditamos que isso nos posiciona competitivamente para crescermos no mercado”.


Fonte: Panrotas

0 comentário