top of page

Europa triplica chegadas internacionais em janeiro de 2022

05/05/2022


Europa registrou 17,3 milhões de chegadas internacionais em janeiro deste ano (AdobeStock)

Fonte: Panrotas


Com base nos últimos dados disponíveis da Organização Mundial do Turismo (OMT), as chegadas globais de turistas internacionais mais que dobraram (+130%) em janeiro de 2022 em comparação com 2021. O destaque ficou para a Europa, que registrou 17,3 milhões de chegadas internacionais em janeiro deste ano, número quase três vezes maior que o mesmo mês de 2021, que registrou 5,8 milhões de visitas.


Todas as regiões tiveram uma recuperação significativa em janeiro de 2022 comparado aos baixos níveis registrados no início de 2021. A Europa (+199%) e as Américas (+97%) continuaram a apresentar os resultados mais fortes, com chegadas internacionais ainda cerca de metade dos níveis pré-pandemia (-53% e -52%, respectivamente).


O Oriente Médio (+89%) e a África (+51%) também tiveram crescimento em janeiro de 2022 em relação a 2021, mas essas regiões tiveram uma queda de 63% e 69%, respectivamente, em relação a 2019. Enquanto a Ásia e o Pacífico registraram 44% em relação ao ano anterior, vários destinos permaneceram fechados para viagens não essenciais, resultando na maior queda nas chegadas internacionais em comparação a 2019 (-93%).


(Foto: Divulgação)

Por sub-regiões, os melhores resultados foram registrados pela Europa Ocidental, que teve quatro vezes mais chegadas em janeiro de 2022 do que em 2021, mas 58% menos que em 2019. Além disso, o Caribe (-38%) e a Europa do Sul e Mediterrâneo (-41% ) mostraram as taxas de recuperação mais rápidas em relação aos níveis de 2019. De fato, várias ilhas do Caribe e da Ásia e do Pacífico, juntamente com alguns pequenos destinos da Europa e da América Central, registraram os melhores resultados em relação a 2019: Seychelles (-27%), Bulgária e Curaçao (ambos -20%), El Salvador (-19%), Sérvia e Maldivas (ambos -13%), República Dominicana (-11%), Albânia (-7%) e Andorra (-3%). A Bósnia e Herzegovina (+2%) ultrapassou os níveis pré-pandemia. Entre os principais destinos, Turquia e México registraram quedas de 16% e 24%, respectivamente, em relação a 2019.

0 comentário

Comments


bottom of page