Delta incrementa questionário e passa a exigir uso de máscara no check-in

31/07/2020

A Delta Air Lines adicionou perguntas sobre a saúde de todos os seus passageiros e passou a exigir o uso de máscara para a realização do check-in, a fim de que todos se certifiquem do compromisso com um voo seguro já na chegada ao aeroporto.

A ação começou nessa quarta-feira (29) e tem como objetivo descobrir se qualquer passageiro teve diagnóstico de Covid-19 e, por seu conhecimento, não foram expostos ao novo coronavírus nos últimos 14 dias; se não experimentou nenhum dos primeiros sintomas da Covid-19 nos últimos 14 dias; e se usarão máscara ou cobertura facial em todo o aeroporto, nos Delta Sky Clubs e a bordo da aeronave, a menos que se encaixem nos critérios de isenção.

“As medidas de proteção que implementamos durante a experiência de viagem com a Delta foram desenvolvidas para manter clientes e funcionários em segurança”, disse Bill Lentsch, diretor executivo de Experiência do Cliente. “Agora, estamos pedindo aos passageiros que estendam sua responsabilidade para os companheiros de voo e para os colaboradores da Delta, viajando conosco apenas se reconhecerem importantes padrões de saúde”.

Os viajantes que não concordarem com todos os requisitos da companhia não poderão concluir o processo de check-in e serão convidados a alterar ou cancelar sua reserva sem precisar pagar taxas de alteração. O compromisso Standard for Safer Travel faz parte de uma iniciativa de todo o setor aéreo conduzida pela Airlines for America (A4A).

Fonte: Mercado&Eventos

0 comentário