top of page

Congonhas ganha sistema que garante mais segurança a pousos e decolagens

30/06/2022


Agora, a pista principal conta com duas novas áreas de escape - uma de 70 m x 45 m na cabeceira 17R; e outra de 75 m x 45 m na cabeceira 35L (Foto: AdobeStock)


O Aeroporto de Congonhas agora conta com um novo sistema que garante mais segurança aos pousos e decolagens. Chamado de sistema EMAS (Engineered Material Arresting System), a estrutura cria uma nova área de escape com bloco de concreto que se deformam quando uma aeronava ultrapassa o limite final da pista. Agora, a pista principal conta com duas novas áreas de escape - uma de 70 m x 45 m na cabeceira 17R; e outra de 75 m x 45 m na cabeceira 35L.


As duas estruturas serão sustentadas por vigas e pilares capazes de suportar as aeronaves e veículos. O trabalho finalizado pelo Governo Federal na segunda cabeceira da pista torna o aeroporto da capital paulista o primeiro do país e único da América Latina com a tecnologia.


Iniciada em maio de 2021, a primeira etapa de instalação do sistema em Congonhas foi concluída em março, com dois meses de antecedência. Em maio, dentro do prazo previsto em contrato, foi concluída a segunda cabeceira. O sistema já pode ser usado em caso de emergência e consiste em novas áreas de escape com blocos de concreto que se deformam quando uma aeronave ultrapassa o limite final da pista, aumentando a segurança para pousos e decolagens no local.



0 comentário

Comments


bottom of page