top of page

Cinco patrimônios culturais japoneses da UNESCO que você precisa conhecer


23/09/2022


Em 1972 a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) selecionou por todo o mundo uma série de regiões, sítios históricos, paisagens naturais e monumentos considerados de importância inigualável para a humanidade por sua representação histórica e social, assim não podendo ser modificados ou destruídos.


O Japão é um berço cultural milenar, com uma estrutura arquitetônica única de seu território que representa sua religião, história e geografia, assim a UNESCO considerou 23 monumentos e espaços como parte da sua lista de patrimônios culturais, dentre eles listamos cinco para você conhecer mais sobre:


Himeji-jo (foto: AdobeStock)

Himeji-jo

Localizado na cidade de Himeji, na província de Hyogo, o castelo de Himeji-io começou a ser construído em 1333, originalmente com o propósito de servir como um forte.

Com a guerra civil em 1580, o líder militar Hideyoshi Toyotomi se apossou do controle do castelo e iniciou uma série de reformas que promoveram a modernização do espaço, porém durante todos os combates que só se cessaram após 1600, o Himeji-jo acabou sendo danificado e passou por outra série de reformas e assim chegou ao formato com até hoje.


Com características ainda mais modernistas e defensivas, o castelo com paredes de pedra em formato de trapézio com inclinações de 30 e 40 graus tinha como o objetivo dificultar a escala externa e permitir o direcionamento correto da chuva por todos os seus sete andares.


O espaço também é chamado de “Garça Branca'' devido suas beiras graciosas e brancos, assim como uma garça.



yakushima (Foto: AdobeStock)

Yakushima

A ilha de Yakushima localizada na província de Kagoshima é com certeza um dos lugares de natureza selvagem mais bonitos do país, sendo conhecido como um paraíso perdido.


Com seis picos montanhosos de mais 1800 m de altitude, ⅕ de toda a ilha de formato arredondado é patrimonio mundial da Unesco.


É possível encontrar em Yakushima árvores cedro yaku sugi, muitas delas com mais de 1000 anos, isso acontece devido ao clima extremamente úmido da região, favorecendo para esse tipo de árvore, que só cresce em regiões de extrema neblina, permaneça viva por tanto tempo.


Existe muito para se explorar na ilha, com a possibilidade de realizar longas caminhadas, nadar em uma das fontes de água natural ao lado do mar, caminhar pela praia e muito mais.



Cúpula Genbaku (Foto: AdobeStock)

Memorial da Paz de Hiroshima

Localizado dentro do Parque Memorial da Paz em Hiroshima, a Cúpula Genbaku foi a estrutura mais próxima à explosão da bomba de Hiroshima a resistir ao seu impacto.


Como ficou praticamente intacta, a cúpula de cobre acabou não sendo demolida como planejado e se tornou um grande marco para memória de todas as vidas perdidas.



Fábrica de Seda de Tomioka (Foto: AdobeStock)

Fábrica de Seda de Tomioka

Localizada em Gunma, uma das regiões centrais do Japão, a Tomioka Silk Mill, foi construída em 1872 por trabalhadores japoneses e é a mais antiga fábrica de processamento de seda do Japão.


Com o objetivo de introduzir a tecnologia francesa no processo de industrialização durante a Revolução Industrial Meji, a fábrica de seda de Timioka se tornou a maior e mais produtiva do final do século XIX, oferecendo seda crua de alta qualidade.


O que torna esse lugar tão especial é a sua projeção arquitetônica pensada para abrigar todas as etapas de produção do tecido. Dentro da fábrica existem dois enormes armazém de casulo de bicho-da-seda que são ligados até a fábrica de bobinagem de seda que davam continuidade a todo o processo.



Horyuji (Foto: AdobeStock)

Monumentos Budistas na área de Horyuji

Horyuji, ou o Templo da Lei Fluorescente, é um complexo de templos budistas na província de Nara, sem considerado um dos edifícios de madeira mais antigos do mundo.


O templo foi construído em 607 pelo príncipe Shotoku, com o objetivo de tornar o complexo não apenas um mosteiro, mas também um seminário de aprendizado budistas.


O que chama a atenção em sua estrutura é o pagode, torre com múltiplas beiradas, por ser uma das mais antigas já encontradas na história.


5 comentários

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page