top of page

Boeing: demanda por viagens internacionais retorna aos níveis pré-pandemia em 2024

14/09/2021


Boeing prevê que 43.610 jatos comerciais serão entregues nos próximos 20 anos, um aumento de 500 unidades em relação aos 43.110 projetados um ano atrás (Foto: Mercado&Eventos)

A Boeing divulgou suas previsões atualizadas de demanda de longo prazo por conta da recuperação considerável nos últimos meses, em comparação com as previsões do ano passado, durante o auge da pandemia. Quanto à demanda geral por voos, o fabricante acredita que o serviço doméstico retornará aos níveis pré-pandêmicos já em 2022, seguido pelo tráfego regional em 2023 e internacional em 2024.


Sendo assim, de acordo com a Reuters, a Boeing prevê que 43.610 jatos comerciais serão entregues nos próximos 20 anos, um aumento de 500 unidades em relação aos 43.110 projetados um ano atrás. O total de pedidos estimados seria de US$ 7,2 trilhões no mercado atual.


Em 10 anos, a Boeing prevê que 19.330 aviões serão entregues, um aumento em relação à previsão do ano passado de 18.350. As projeções atuais são apenas 6% abaixo do relatório publicado pela empresa em 2019. “Uma das razões mais fortes para a confiança é a rapidez com que vimos uma recuperação nas viagens domésticas nos últimos 12 meses”, disse o diretor de Estratégia da Boeing, Marc Allen, à Reuters.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page