top of page

Bahamas eliminam teste de entrada para todos os visitantes

05/10/2022


Notícia: Panrotas



Bahamas eliminam teste de entrada para todos os visitantes (foto: AdobeStock)

O Ministério da Saúde e Bem-Estar das Bahamas, por meio do Comitê Consultivo da Covid-19, anunciou atualizações em seus protocolos relacionados à pandemia com a eliminação de exigência de testagem para pessoas não vacinadas entrarem no país-arquipélago. Com isso, todos os visitantes podem viajar rumo as Bahamas sem fazer o teste, independentemente do status de vacinação. O Ministro da Saúde e Bem-Estar, Dr. Michael R. Darville, também anunciou o relaxamento do uso de máscara.


Visitantes e residentes das Bahamas não serão obrigados a usar máscara na maioria dos locais. No entanto, o uso delas continuará sendo exigido nas seguintes configurações ou pelas seguintes pessoas:

  1. Todas as pessoas que acessam uma unidade de saúde por qualquer motivo;

  2. Em qualquer ambiente de sala de aula interna em uma instituição educacional;

  3. Qualquer trabalhador não residente de uma instituição de acolhimento de longa duração.

Os ajustes, com relação ao uso de máscaras, foram recomendados pelo Comitê Consultivo do Ministério da Saúde e Bem-Estar após reunião realizada no final de setembro. Pessoas que optarem por seguir usando proteção facial contra a covid-19 devem ser respeitadas por todos. O Ministério inclusive seguirá distribuindo máscaras gratuitas nas escolas, por exemplo.


O Ministério da Saúde e Bem-Estar continua aconselhando as pessoas a aderirem aos protocolos de segurança no que se refere à lavagem/higienização das mãos, distanciamento físico e responsabilidade pessoal. Pessoas com sintomas de covid-19 devem fazer o teste. O Ministério lembra ainda que testagem e vacinas gratuitas continuam disponíveis para o público.


Todas as plataformas que capturam e relatam testes de covid-19 e dados relacionados nas Bahamas permanecerão em vigor e os resultados continuarão a ser relatados à Unidade de Vigilância do Ministério da Saúde e Bem-Estar. O Ministério seguirá monitorando a pandemia de covid-19 e ajustando os protocolos conforme necessário com base nos dados científicos mais recentes.

0 comentário
bottom of page