Argentina reforça restrições a viagens ao país

16/03/2021

O governo da Argentina acaba de reforçar as restrições de viagens ao país. As medidas envolvem as operações aéreas, marítimas e terrestres, de ou para áreas afetadas e de maior risco, segundo informações do parceiro argentino da PANROTAS

Argentina reforça restrições a viagens ao país (Foto: Wikicommons)

O país criou uma nova etapa para o plano de distanciamento preventivo, que abrange ações, como normas para limitar a circulação por horas ou por zonas. As medidas devem ser temporárias e bem fundamentadas, devendo ter aprovação da autoridade sanitária jurisdicional.


Segundo o presidente argentino, Alberto Fernández, a prioridade é restringir o mínimo possível e focar na prevenção de infecções, com mensagens de cuidado e orientações para evitar contatos próximos e desestímulo a voos para o Exterior.


MEDIDAS

De acordo com a publicação, voos dos Estados Unidos, Brasil, Peru, Equador, Colômbia, México, Chile, Panamá e países europeus serão limitados. O decreto também estabelece o isolamento obrigatório de 14 dias para pessoas que chegam de fora à Argentina.


Eles também devem fornecer informações sobre itinerário, declarar o endereço no país e ter a comprovação de um teste PCR com resultado negativo para covid-19, tendo sido feito com no máximo 72 horas de antecedência ao embarque.


Com relação às fronteiras terrestres, apenas argentinos e residentes que deixaram o país antes de 25 de dezembro terão permissão para entrar pelas travessias de terra autorizadas.


Fonte: Panrotas

0 comentário