top of page

Anguilla exige teste e suspende quarentena para viajantes internacionais

01/09/2021


O governo de Anguilla anunciou a suspensão de todos os requisitos de quarentena para visitantes internacionais. As novas determinações valem para todos os viajantes que se hospedem em hotéis ou villas, independentemente da duração da estada, mas também pede para que esses turistas sejam testados na chegada e permaneçam no meio de hospedagem enquanto aguardam os resultados dos testes de chegada, que geralmente são entregues em 12 horas. O teste precisará ser repetido no 4º dia de estadia.

Apenas viajantes adultos totalmente vacinados têm permissão para entrar em Anguilla (Foto: Divulgação)

Para ajudar a cobrir os custos associados ao novo regime de testes, uma única taxa de US$ 200 será cobrada a partir de 1º de outubro de 2021. Isso cobre o teste de chegada e o teste do 4º dia para todos os visitantes; este último pode ser usado para requisitos de viagens subsequentes sem nenhuma taxa adicional.


Apenas viajantes adultos totalmente vacinados têm permissão para entrar em Anguilla; crianças com 17 anos ou menos e mulheres grávidas estão isentas deste requisito.


Um viajante totalmente vacinado é considerado aquele que recebeu a última dose da vacina em um protocolo de vacina de duas ou uma dose, há pelo menos três semanas ou 21 dias antes da chegada à ilha. As vacinas aceitas pela ilha são as da AstraZeneca, Pfizer, Janssen ou Moderna.


Os visitantes internacionais devem se inscrever para a Permissão de Entrada em ivisitanguilla.com e devem enviar um teste rt-PCR negativo para covid-19 colhido três a cinco dias antes da chegada à ilha.


A prova de vacinação deve ser carregada no aplicativo de entrada ao país - o cartão de vacinação legalmente emitido pelo país que administra a vacina será revisado pelas autoridades locais para garantir a autenticidade.


Este processo de inscrição continuará após 1º de outubro de 2021. Todos os protocolos estão sujeitos a alterações com base na situação epidemiológica em Anguilla.


Fonte: Panrotas

0 comentário
bottom of page