76% das cidades paulistas entram na fase verde; veja o que muda

09/10/2020


João Doria Jr, governador de São Paulo (Foto: Divulgação)
João Doria Jr, governador de São Paulo (Foto: Divulgação)

Mais de 70% das cidades paulistas, incluindo a capital do Estado, foram anunciadas hoje (9), pelo governador João Doria (PSDB), dentro da fase verde do Plano SP, que controla as medidas de quarentena na região. Nesse estágio, que é o penúltimo no planejamento de reabertura, quase todas as atividades, inclusive cinemas e teatros, podem voltar a funcionar, mesmo que com algumas restrições. O novo estágio do plano paulista para o controle da pandemia também permite que alguns estabelecimentos que já estavam abertos ampliem o horário de funcionamento. As regiões que avançaram de fase são as da Região Metropolitana de São Paulo - que voltou a ser unificada -, Sorocaba, Piracicaba, Campinas, Taubaté e Baixada Santista. A progressão para a fase verde, após mais de seis meses restrições, porém, exige que todos os estabelecimentos comerciais sigam adotando regras contra a pandemia para voltar a funcionar. Deve haver também controle na lotação desses ambientes. Shoppings e galerias de lojas, por exemplo, poderão voltar com 60% da ocupação. O governador, contudo, enfatizou que os esforços não chegaram ao fim e que a população precisa continuar contribuindo no controle do vírus. Doria ainda antecipou que a próxima avaliação do plano será feita no dia 16 de novembro. Na mesma ocasião, o prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), garantiu que. partir de amanhã (10) o setor cultural terá a permissão de voltar a funcionar, dentro de restrições e protocolos já alinhados com a prefeitura. "Caso as medidas não sejam bem sucedidas, não hesitaremos em voltar a para fases de mais restrições", afirmou o prefeito.


Fonte: Panrotas

0 comentário