54% dos europeus pretendem viajar nos próximos seis meses

17/01/2021

O interesse por destinos de praia tem aumentado com a chegada do verão europeu (Foto: Shutterstock/Pawel Kazmierczak)

Apesar do lockdown e das restrições de viagens na Europa, há uma grande demanda reprimida para retomar as viagens entre os europeus. De acordo com uma nova pesquisa da Comissão Europeia de Turismo (ETC), 54% dos entrevistados planejam viajar nos próximos seis meses, seja internamente ou para outro país da Europa. Um em cada três europeus acredita o período mais viável para a próxima viagem seja entre maio e julho.


Após a implementação de novas restrições de viagens em toda a Europa, a possibilidade de permanecer em quarentena e o aumento de casos de covid-19 são preocupações para 15% dos europeus que desejam viajar. Por outro lado, 69% dos entrevistados afirmaram que se sentirão mais seguros se os destinos tiverem protocolos rígidos de saúde e segurança em vigor, enquanto apenas 21% disseram que os protocolos podem estragar a experiência de viagem.


Ao mesmo tempo, as vacinas contra a covid-19 continuam sendo o principal motivador para retomar as viagens, trazendo a esperança de que uma implementação em massa em toda a Europa contribuirá para a recuperação do Turismo. Segundo o levantamento, 11% dos europeus indicaram que a campanha de vacinação desempenharia um papel significativo em sua decisão de viajar novamente, seguida pela eficácia dos destinos na gestão da crise de saúde (11%) e a realização de testes antes da partida (10%).


DESTINOS EM ALTA

O interesse dos europeus por férias em destinos de sol e praia tem aumentado com a chegada dos meses mais quentes. De acordo com a pesquisa, os viajantes do Reino Unido, França, Alemanha, Suíça e Áustria são os mais entusiasmados a viajar para o litoral. Além disso, os europeus estão mais ansiosos para cruzar as fronteiras, já que 41% dos entrevistados desejam viajar para outro país europeu - o número mais alto desde o início da pandemia. Em comparação, 35% deles ainda preferem fazer viagens domésticas.


A confiança nas viagens aéreas também continua apresentando uma melhora gradual, uma vez que a porcentagem de europeus que planejam viajar de avião aumentou de 49% em setembro de 2020 para 54% em janeiro de 2021, enquanto a porcentagem de pessoas que ainda demonstram preocupações em voar caiu de 20% para 16%.


Fonte: Panrotas

0 comentário